sxsw

28.3.02


Alexandre Augusto - Valv
27-03-02 | 21:50

E ai, galera! Diretamente do estado de Virginia em Charlotesville a menos de dois graus de temperatura! O show Em Dallas foi demaaaiiisss!!!! O equipamento era maravilhoso e o publico demais. Mas em Austin o pessoal é mais animado! Já temos convite para tocar num festival em Chicago! Vai ser em Junho, mas nós vamos ver como vai ser o esquema de grana para as passagens. Estamos indo para New York depois de amanhã e depois mando mais noticias pra vocês!!!!ROCK!!!


21.3.02


Jefferson Santos - Motor Music
20-03-02 | 22:54

oi fê. tava na roça, não tinha computador. cidadezinhas de mil, dois mil habitantes. agora cheguei em new orleans da pra mandar de novo. melhores shows: mono do japão e mooney suzuki de nyc. chicks on speed também. shows mais cheios: luna, they might be giants e moldy peaches (com credencial tinha fila com umas 50 pessoas em cada). melhor casa de shows: emos. melhor show brasileiro: pexbaa. evento mais concorrido: entrevista da courtney love. fique de olho em: the realistics.


17.3.02


Jefferson Santos - Motor Music
16-03-02 | 16:20

howdy! tem hora que penso: "que bom que tá acabando..." o sxsw é excelente, mas tem tanta coisa que você acaba ficando louco. se não bastassem os shows, as discussões e a feira, tem também o documentário pra directv que estamos fazendo. entrevistas e gravações o dia inteiro. basicamente é acordar as nove e sair de casa as dez (café da manha de papelão e plástico no hotel incluído), gravar o dia todo até as seis, voltar pro hotel pra carregar bateria (a nossa, não das câmeras), estar na rua 6 as oito para os shows, andar uns 10 quilômetros por noite atrás dos melhores shows, voltar pro hotel as duas, carregar as baterias (agora sim, das câmeras), tomar um banho, dormir as quatro e no outro dia fazer tudo de novo... ate mais, vou ver a courtney love.


15.3.02


Jefferson Santos - Motor Music
15-03-02 | 17:21

hi brazil!!! é isso o que a gente mais tem gravado por aqui. encontrando bandas, gravando declarações e pedindo pra dizer “hi brazil”. ontem foi o dia dos shows. a rua 6 fica um inferno à noite. dezenas, centenas de bandas tocando. mono, do japão, foi excelente. bullfrog, a nova banda do kid koala, também. roy sexsmith foi cool, com violão e voz. ataris foi divertido. teve uma outra banda, que não tenho o nome agora (falo depois) divertidíssima: dois gordões, barbudos, de pijamas, tocando acordeom e baixo. cômico. e promise ring. não deu pra ver o show inteiro, mas da pra sentir que no palco os caras são matadores.hoje teve entrevista na radio com as bandas e daqui a pouco, às três, tem outra aqui no centro de convenções. a noite promete.fui dormir às 3:30 e às 5:30 acordo com o valv ao telefone. estamos aqui. aqui onde? aqui, no hotel. chegaram bem e vamos gravar com eles agora à tarde. mais noticias, em breve. jeff


14.3.02


Jefferson Santos - Motor Music
14-03-02 | 19:25

break da tarde. não dá pra fazer nada nesse festival. é tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo que você fica louco. ver um showcase ou ir a um debate? ir pra esse ou aquele show? conversar com essa ou aquela pessoa? é tudo muito. é tudo exagerado. a feira abriu hoje. 200 stands, com tudo que você possa imaginar. um monte de brindes (descobri o porquê de ganhar uma sacola enorme quando se registra). agora estamos dando um tempo pra poder estrevistar os tubarões: os donos do sxsw...


Jefferson Santos - Motor Music
14-03-02 | 15:20

dei uma primeira rodada na feira, que acabou de abrir. muito bacana... os pocket shows começam agora e vão até as 6 da tarde. meia hora cada. tem kingsburg marx. vou ver esse, já que à noite, no mesmo horario, tem the ataris. topei com o ron sexsmith no corredor. vou pegar um depoimento dele. até mais tarde.


Jefferson Santos - Motor Music
14-03-02 | 15:01

olá. primeiro dia de sxsw. quer saber? o festival é isso tudo que dizem mesmo. ontem, quarta, a coisa ainda estava começando. parece que hoje que hoje a coisa esquenta. na noite de ontem tinha poucos shows, só uns 100, 150. como tudo acontece ao mesmo tempo, é difícil ver muita coisa. o esquema é o seguinte: primeiro entra quem tem credencial (eu e 30% da população de austin temos), depois quem tem a pulseirinha (as bandas e 60% da população). aí, se não esgotar, entra que não tem nada (uns 10% de gatos pingados), pagando ingresso. destaques de ontem: they might be giants, com fila de um quilômetro para quem tinha pulseira ou credencial (não tinha ingresso à venda, pra você ter uma idéia), uma excelente banda de rockabilly chamada the flametrick subs (o diabo mora no texas e veste vermelho) e the jack brothers, da alemanha. o que mais deu pra ver? uns 20 shows, uma musica de cada. estilos? hip hop, banjo punk, country, piano... o que você puder imaginar. agora, ao meio dia, abre a feira. estou indo pra lá. até mais tarde.


13.3.02


Jefferson Santos - Motor Music
13-03-02 | 04:24

não tive tempo pra escrever de nyc. sabe como é: não sobra tempo pra nada naquela cidade... muita bateção de perna, muita loja que te deixa louco de vontade de comprar tudo. deu pra aproveitar, apesar do pouco tempo. vi dois shows (momus e sugarman three), visitei umas lojas de discos e brechós e resolvi com o kiko as coisas que precisavam pro documentario (comprar fitas, filmes, olhar sobre revelacao de super 8, equipamentos etc etc etc).

amanhã é que a viagem começa de verdade. vamos buscar o pessoal no aeroporto e já comecar a rodar o documentario. depois te mando as primeiras impressões sobre a cidade e o festival pro site, ok?

ah, não comprei a camera digital em nyc. vou ver se compro aqui, ai te mando fotos também.

jeff, resfriado (tava zero grau em nyc...)


Alexandre Augusto - Valv
12-03-02 | 18:25

e AI POVO? Ta ducaralho aqui! New York é mais violento do que eu imaginava. Nós estamos saindo daqui agora pra Austin.Vai rolar hoje aqui o show do trail of dead e amanha: death cab for cutie!!!!! Quando tiver mais noticias eu aviso.


Luciano Cota - Valv
12-03-02 | 17:52

E ai moçada! Cheguei em NY!
A viagem foi tranquila, consegui dormir um pouco.
Chegamos no JFK e pegamos a van, que é um barato!
Rangamos, fomos na SamMash babar nas guitarras e baixos e agora vamos comecar a descer para Austin.
Na proxima, mais noticias.
Um abração


Home